terça-feira, 17 de maio de 2016

Transmission-CLI :: Gerenciando Torrents via Shell do Linux



O Transmission-Cli é um cliente via shell do gerenciador de torrents padrão de muitas distribuições Linux, o Transmission. Ele é muito poderoso e tem vários recursos que podem ser gerenciados via um daemon padrão ou diretamente da linha de comando. Você pode compilar a source diretamente do site do projeto, porém o pacote já está nos repositórios da maioria das distribuições Linux.

Site do projeto: https://www.transmissionbt.com/

Instalação do Transmission-CLI

 # sudo apt-get install transmission-cli  # Debian Like
 # yum install transmission-cli   # CentOS/RHEL 7 
 # dnf install transmission-cli  # Fedora 23
 # sbopkg -i transmission-cli  # Slackware 14.*

Instalação dos Extras

 # sudo apt-get install transmission-daemon transmission-remote-cli   


Usando de modo simples: 

 $ transmission-cli <magnet link aqui>   
 # ou  
 $ transmission-cli magnet:?xt=urn:btih:DCA7605AE6128695DF2EB720F820D3C28FB92AB9&dn=the+x+files+s10e01+720p+web+dl+x264+AZTORRENTS+dual+audio&tr=udp%3A%2F%2Ftracker.publicbt.com%2Fannounce&tr=udp%3A%2F%2Fglotorrents.pw%3A6969%2Fannounce    



Procurando mais funções do cli, achei um artigo no Viva o Linux do meu amigo gjuniioor sobre o Trasmission-Cli, lá ele da uma explicação bem legal sobre elas, segue algumas na prática:


Utilizando o transmission-daemon para monitorar uma pasta de torrents

Uma das funções mais legais do Transmission-CLI é a possibilidade de startar um deamon para ficar monitorando um diretório específico, ou seja, sempre que um arquivo .torrent aparecer lá, o Download irá inicial automaticamente. Segue algumas funções do transmission-daemon.


Configuração do Transmission-Daemon

Existem 2 modos de monitorar pastas de Download com o Daemon.

Modo 1 :: Editando arquivo de configurações

Você pode efetuar uma parametrização estática para o monitoramento e Download editando arquivo settings.json dentro da pasta de configuração do transmission pessoal do usuário. Da primeira vez, o arquivo pode não existir, então é só startar o deamon que ele será criado automaticamente.
 # transmission-daemon #Inicia o Daemon
 # vim ~/.config/transmission-daemon/settings.json  




Aqui temos duas configurações bem simples o download-dir, onde iremos definir onde os arquivos vão ser salvos quando baixados e o incomplete-dir onde o Trasmission irá armazenar os Downloads que não terminaram ainda. Fica a seu critério nesse caso.

Para monitorar um diretório será necessário criar mais dois parâmetros no final desse arquivo json onde vamos definir o caminho para o watch-dir. Então caso não exista, crie.
    "watch-dir": "/root/Torrents/Arquivos/",  
    "watch-dir-enable": true  


Metodo 2 :: Iniciando o Daemon com o Parâmetro -c

Existe uma opção mais manual para realizar os downloads a partir de um diretório, no caso a opção -c quando fizer o Start do daemon:
 # transmission-daemon -c /root/Torrents/Arquivos   



Gerenciando o Daemon :: Dicas úteis

Aqui vão algumas dicar pra gerenciamento das funções do Daemon
 # INICIANDO O DEAMON   
 # transmission-daemon  
   
 # INICIANDO NO MODO MONITORAMENTO DE DIRETÓRIO   
 # transmission-daemon -c /root/Torrents/Arquivos   
   
 #PARANDO O DAEMON   
 # killall transmission-daemon  


Estou montando um Downloader automático de Game of Thrones um VPS e um RaspberryPi e esse foi o primeiro passo. Breve um tutorial completo pra você baixar sua série favorita logo de que disponibilizada :D











SOBRE O AUTOR

Matheus Fidelis

http://msfidelis.github.io/

Power Ranger, Piloto de Helicópteros e Astronauta da NASA. Desenvolvedor Web PHP com foco em Backend e POO, Linux SysAdmin DevOps e Entusiasta Python. Criou esse site pra contribuir com a comunidade com coisas que aprende dentro de um setor maluco de TI :)

Postar um comentário

 
Nanoshots | Open Source Security, Linux e Tutoriais © 2015 - Designed by Templateism.com